Foto: PRF

Uma van com excesso de passageiros e que estava com o licenciamento atrasado foi recolhida, no sábado (23), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR 116, em Abaré, na Bahia. O veículo havia saído de São Paulo e tinha como destino a cidade de São Caetano, no Agreste pernambucano.

Durante a abordagem, a equipe constatou que a van transportava 19 pessoas, mas só poderia transportar 16, e que algumas crianças estavam embaixo do banco dos passageiros. Além disso, o motorista não possuía o Curso Especializado de Transporte Coletivo Passageiros (CETCP), o veículo não possuía autorização para realizar o fretamento de passageiros, estava com o extintor de incêndio vencido, sem o triângulo de sinalização e sem o disco diagrama do tacógrafo.

Em consulta, a equipe também descobriu que a van havia sido abordada pela PRF em novembro na BR 232, em Salgueiro, e o motorista estava com a carteira de habilitação vencida desde 2007. O homem é o proprietário do veículo e seguia ao lado do condutor abordado em Abaré.

A equipe emitiu um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) para o motorista por exercício ilegal da profissão e encaminhou o veículo para o pátio. Os passageiros foram embarcados em outros veículos para seguir viagem.